domingo, 8 de agosto de 2010

Sem- Insanidade [3]


(...) Foi tão engraçado, o cara contando aquela lenda, em partes era bem ridícula, mas até gostaram de ouvir!
Diz que na cidade dele havia um cara que todos os dias ia em um parque lá, o parque cheio de árvores, tinha um lago com uma ponte, era bem legal. O cara ia de manhã, chegava umas 5 horas e ficava até umas 2 da tarde depois voltava as 8 da noite e só saia de lá 3 da madrugada.
Pior que dizem que o cara ia de terno e gravata e uma máscara de coelho, ele levava uma mochila e pregava uns folhetos nas árvores, entregava pra quem passava e ficava sentado no mesmo banco de frente para o lago. Tirava da bolsa um sanduíche, comia e ficava lá sentado!
Pior que decorei o que estava escrito nos folhetos, não era nada muito coerente, mas até que era bom, dizia assim:
"Assim como os pássaros podem voar, desejo para mim e para todos o mesmo, mortais ou imortais que possam estar pensando no que me segue eternamente, pago o preço por ter deixado o que me mantinha vivo! Uma porta se fechava, o mundo perdia suas cores e agora busco-as aqui, no único lugar da cidade que não se vendeu. Minha missão agora é tentar fazer com que todos mantenham seus sonhos e suas vidas intactas, minha coelha se foi, minha alma se foi! Mantenha-se puro."
Até já ouvi dizer que esse cara é professor, mas os horários não se encaixam muito bem, nunca ninguém viu o rosto dele, dizem. Até falaram que alguns moleques bateram nesse cara uma vez e ele deixou de ir ao parque por duas semanas e por incrível que pareça choveu todos os dias nessas duas semanas. ninguém conseguiu ir ao parque nesses dias!
Sobre o que ele escrevia nos panfletos, é, esqueci desse detalhe, ele escrevia a mão os panfletos, mais ou menos 150 por dia! Acho que ele é assim por causa de alguma namorada que se foi, ele deve ter feito algo muito ruim pra ela e agora se pune dessa maneira, como devia chama-la de coelha, não sei, usa aquela máscara de coelho.
Um dia ainda falo com esse cara, na verdade vou tentar essa semana.
(...)
Nossa, foi muito estranho, fui até a cidade lá, cheguei no parque pra ver se tinha mesmo o cara ou era lenda, me surpreendi, contei isso pra vocês como se fosse lenda, mas é verdade!
Cheguei o cara estava sentado no banco, sentei do lado dele e nem se mexeu, fiquei lá por uns 10 minutos, mudo, até que falei:
"Oi, tudo bem?"
Ele virou o rosto para mim bem devagar, ficou me olhando e não dizia nada! Tentei mais uma vez:
"O senhor esta bem? Qual seu nome?"
Ele continuou me olhando sem dizer uma palavra, se levantou, me cumprimentou, entregou um panfleto e saiu andando até se perder entre as árvores! Nossa, realmente fiquei meio assustado, mas entendi como se ele estivesse me agradecendo por falar com ele.
Só fiquei na cidade mais dois dias e fui ao parque ver ele todos os dias, no ultimo dia era meia noite e eu fui até lá, já que estava em um bar próximo, fiquei observando de longe ele sentado no banco, quando reparei bem em uma mulher escondida atrás de uma árvore observando ele, depois de uns 20 minutos parada lá olhando para ele, ela tirou o panfleto que estava na sua árvore, guardou e colocou um outro que tirou do seu bolso de trás, depois disso ela assoviou e saiu correndo, o cara olhou, viu ela correndo, se levantou lentamente e foi até a árvore, pegou o papel que ela deixou, leu, retirou a máscara, tirou uma arma de dentro da bolsa e deu um tiro na cabeça!
Vocês não sabem o quanto fiquei assustado, muita gente apareceu lá, retiraram o corpo de lá, tiveram que interditar o parque, claro e consegui ver mais ou menos o rosto dele, pelo que vi ele era um cara bonito até, não parecia ter mais de 25 anos!
E eu acho que até hoje não descobriram muita coisa sobre ele não, porque lembro que a polícia não achou documentos nem nada com ele, bom, essa historia é bem interessante, quando o cara contou a primeira vez, achei que era lenda mesmo, mas agora conto ela pra todo mundo e carrego na carteira o panfleto até hoje.
Enfim, é o fim!

3 comentários:

Sabrina Di mello disse...

Uauu!!! Realmente é uma histporia muito interessante...

Dehco ZND disse...

Muito obrigado pelo comentário.

pernambuco violento disse...

muito interessante cara!

Seguidores